Notícias interessantes (Cine Comodoro)

Do jornal "Folha da Tarde", de 28 de julho de 1959, mostrando o interior do cine Comodoro Cinerama, ainda em fase de construção:

Texto original do artigo:
Aspecto da tela do cine Comodoro, que mede 20 metros de comprimento por 7 de altura, com uma curvatura de 144 graus. A estreita faixa branca ao centro é uma das muitas tiras de náilon que, em conjunto, formarão a tela. As 3 grandes caixas que se vêem na parte inferior são 3 dos 7 alto-falantes. Observe-se que o diâmetro de suas saídas tem dimensões superiores à altura de um homem.
-
Do jornal "Folha da Manhã", de 15 de Agosto de 1959. Dia seguinte à inauguração do cine Comodoro Cinerama:

Texto original do artigo:
INAUGURADO O CINERAMA - Sem a presença do presidente da República, apresentou-se ontem à tarde o primeiro espetáculo de Cinerama. O chefe da nação, à última hora, avisou que não poderia comparecer, em virtude de compromissos assumidos. Entretanto, uma viatura do Corpo de Bombeiros, na sessão noturna, foi levar refletores e segurança, e a banda de música da Força Pública também compareceu, em uniforme especial. Cordões de isolamento demarcaram - no trecho da av. São João onde se localiza o cine Comodoro - um corredor para os carros - muitos dos quais com chapa branca - que conduziam os espectadores. Praças das Forças Armadas perfilavam-se nos dois lados da porta de entrada. Na parte livre da avenida, o fluxo do trafego se desenvolvia com dificuldade, a despeito dos vários guardas de serviço. Pequena multidão, mesmo com chuva, se aglomerava diante do cinema, entre os carros que passavam e os convidados que entravam. Na foto, uma vista do movimento defronte ao cinema.
Clique nas fotos para ampliá-las.
Licença Creative Commons
As fotos e informações deste site estão protegidas e licenciadas pela Creative Commons.
ACESSE O BANCO DE DADOS


BIBLIOGRAFIA DO BLOG

PRINCIPAIS FONTES DE PESQUISA

1. Arquivos institucionais e privados

Bibliotecas da Cinemateca Brasileira, FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Mackenzie.

2. Principais publicações

Acervo digital dos jornais Correio de São Paulo, Correio Paulistano, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo.

Acervo digital dos periódicos A Cigarra, Cine-Reporter e Cinearte.

Site Arquivo Histórico de São Paulo - Inventário dos Espaços de Sociabilidade Cinematográfica na Cidade de São Paulo: 1895-1929, de José Inácio de Melo Souza.

Periódico Acrópole (1938 a 1971)

Livro Salões, Circos e Cinemas de São Paulo, de Vicente de Paula Araújo - Ed. Perspectiva - 1981

Livro Salas de Cinema em São Paulo, de Inimá Simões - PW/Secretaria Municipal de Cultura/Secretaria de Estado da Cultura - 1990

FONTES DE IMAGEM

Periódico Acrópole - Fotógrafos: José Moscardi, Leon Liberman, P. C. Scheier e Zanella.

Acervos particulares de Luiz Carlos Pereira da Silva, Caio Quintino e Ivani Cury.

PRINCIPAIS COLABORADORES

Luiz Carlos Pereira da Silva e João Luiz Vieira.

OUTRAS FONTES: INDICADAS NAS POSTAGENS.