O maior cinema ao ar livre do país

Inaugurado em 25 de agosto de 1973, o Cine Drive-in de Brasília atualmente é um dos únicos no Brasil. 

Possui ótima localização, praticamente no centro da cidade de Brasília (DF). É considerado o melhor equipado, pois possui 15 mil metros quadrados de área asfaltada (capaz de acomodar 500 veículos em seu estacionamento), tela de concreto medindo 312 metros quadrados e ótima projeção.



O Cine Drive-in vem se adaptando às novas tecnologias, como a instalação de uma torre de som, com uma estação de rádio FM para transmitir o som do filme em estéreo pelos rádios dos carros. Para os que não possuem som interno e só acender o farolete e solicitar o som.



Suas instalações sanitárias foram recentemente reformadas. Possui sanitários especiais para crianças e pessoas portadoras de deficiência física.



Manual do freqüentador:

1) Decisão - Se você é um daqueles que adora comer, conversar, atender ao telefone ou fumar no cinema, seu lugar é no Cine Drive-in. Pode namorar, levar o bebê no colo, o cachorro ou o papagaio, fumar, beber e conversar.

2) O ingresso - De 2ª a 5ª feira (R$ 14,00 e meia R$ 7,00); 6ª feira a domingo (R$ 16,00 e meia R$ 8,00). Pessoas portadoras de carteira estudantil, idosos e crianças pagam meia entrada.

3) Faróis - Se o filme já começou, não acenda o farol do automóvel. É como acender a luz dentro de um cinema convencional (apaga a imagem da tela). Só use o farolete, caso queira fazer um pedido ao garçom. Em casos emergenciais, ligue o pisca alerta.

4) O garçom - Se logo depois de estacionar você ver um vulto caminhando em direção ao seu carro, não se assuste. É o garçom. Ele é discreto, procura não atrapalhar e vai apenas perguntar se você deseja beber ou comer alguma coisa.

5) Se o vulto não for o garçom – O estacionamento do Cine Drive-in não oferece problemas de segurança, pois tem porteiros e seguranças dentro do cinema.

6) E o som? - O filme começa e você não está escutando nada! Basta sintonizar o rádio do seu carro na freqüência em que a cabine transmite o som do filme (FM 88,7).

7) E a lanchonete, o que serve? - O cardápio é distribuído na entrada do cinema.

8) Nosso apelido - “CINEMA PÁRA-BRISA”



CINE DRIVE - IN
Centro Desportivo Presidente Médice
Asa Norte
Área especial do Autódromo
www.cinedrivein.com
cinedrivein@cinedrivein.com

Mais informações sobre Cine Drive-in:
Licença Creative Commons
As fotos e informações deste site estão protegidas e licenciadas pela Creative Commons.
ACESSE O BANCO DE DADOS


BIBLIOGRAFIA DO BLOG

PRINCIPAIS FONTES DE PESQUISA

1. Arquivos institucionais e privados

Bibliotecas da Cinemateca Brasileira, FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Mackenzie.

2. Principais publicações

Acervo digital dos jornais Correio de São Paulo, Correio Paulistano, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo.

Acervo digital dos periódicos A Cigarra, Cine-Reporter e Cinearte.

Site Arquivo Histórico de São Paulo - Inventário dos Espaços de Sociabilidade Cinematográfica na Cidade de São Paulo: 1895-1929, de José Inácio de Melo Souza.

Periódico Acrópole (1938 a 1971)

Livro Salões, Circos e Cinemas de São Paulo, de Vicente de Paula Araújo - Ed. Perspectiva - 1981

Livro Salas de Cinema em São Paulo, de Inimá Simões - PW/Secretaria Municipal de Cultura/Secretaria de Estado da Cultura - 1990

FONTES DE IMAGEM

Periódico Acrópole - Fotógrafos: José Moscardi, Leon Liberman, P. C. Scheier e Zanella.

Acervos particulares de Luiz Carlos Pereira da Silva, Caio Quintino e Ivani Cury.

PRINCIPAIS COLABORADORES

Luiz Carlos Pereira da Silva e João Luiz Vieira.

OUTRAS FONTES: INDICADAS NAS POSTAGENS.