Manifestação de amor ao Cine Belas Artes

Em 17/03/2019, cinéfilos e produtores da área do cinema compareceram com balões de coração para demonstrar o amor ao 'Belas'. Movimento popular que ajuda na busca de uma solução para manter as portas do cine Belas Artes abertas e defende sua importância, não apenas como um patrimônio afetivo, mas um dos mais importantes pontos de encontro artístico e intelectual da cidade de São Paulo. - Cine Belas Artes

O evento contou com o apoio do grupo de cinéfilos chamado
Vamos ao Cinema Juntos?, que se reúnem, semanalmente, para ir ao cinema, discutir filmes, conversar e fazer novas amizades.

Fotos : Alécio Cezar - 17/03/2019








O proprietário Andre Sturm e a cineasta Laís Bodanzky


















Licença Creative Commons
As fotos e informações deste site estão protegidas e licenciadas pela Creative Commons.
ACESSE O BANCO DE DADOS


BIBLIOGRAFIA DO BLOG

PRINCIPAIS FONTES DE PESQUISA

1. Arquivos institucionais e privados

Bibliotecas da Cinemateca Brasileira, FAAP - Fundação Armando Alvares Penteado e Faculdade de Arquitetura e Urbanismo - Mackenzie.

2. Principais publicações

Acervo digital dos jornais Correio de São Paulo, Correio Paulistano, O Estado de S.Paulo e Folha de S.Paulo.

Acervo digital dos periódicos A Cigarra, Cine-Reporter e Cinearte.

Site Arquivo Histórico de São Paulo - Inventário dos Espaços de Sociabilidade Cinematográfica na Cidade de São Paulo: 1895-1929, de José Inácio de Melo Souza.

Periódico Acrópole (1938 a 1971)

Livro Salões, Circos e Cinemas de São Paulo, de Vicente de Paula Araújo - Ed. Perspectiva - 1981

Livro Salas de Cinema em São Paulo, de Inimá Simões - PW/Secretaria Municipal de Cultura/Secretaria de Estado da Cultura - 1990

Site Novo Milênio, de Santos - SP
www.novomilenio.inf.br/santos

FONTES DE IMAGEM

Periódico Acrópole - Fotógrafos: José Moscardi, Leon Liberman, P. C. Scheier e Zanella.

Acervos particulares de Luiz Carlos Pereira da Silva, Caio Quintino e Ivani Cury.

PRINCIPAIS COLABORADORES

Luiz Carlos Pereira da Silva e João Luiz Vieira.

OUTRAS FONTES: INDICADAS NAS POSTAGENS.